sexta-feira, 6 de maio de 2016

Viradouro 2017

Nação Viradouro , amigos do samba!
É com muita alegria que venho em nome da nossa querida agremiação anunciar o enredo para o carnaval 2017.
Quando o Presidente Gustavo Clarão me procurou para realizar o projeto, ele pediu um presente para escola: que a alegria e a leveza pudessem se fazer presentes em nosso desfile, agregando ares de renovação e modernidade. Que a Viradouro, no auge dos seus 70 anos, sendo portadora de uma incrível história vitoriosa no carnaval, se permitisse se reinventar. Que essa jovem senhora pudesse se reencontrar com a pureza da alma de uma criança, pronta para escrever um novo capítulo em sua trajetória.
Aceitei nobremente o desafio de somar a incrível força da comunidade ao espírito da inovação. Minha tarefa passou a ser a de encontrar o perfeito equilíbrio entre a tradição da Viradouro e a possibilidade dela se reconhecer moderna, aberta ao carnaval do século XXI.
Seguindo essa trajetória, procurei percorrer o universo do samba, e render através dele uma justa homenagem. Usando como ponto de partida uma linda obra, composta pelos ilustres poetas Nelson Rufino e Zé Luiz , imortalizada na voz do grande Roberto Ribeiro, nossa escola irá brincar na avenida, no melhor sentido da palavra. Não se trata de um enredo biográfico sobre os artistas mencionados, mas uma Ode á Infância , usando sua obra como ponto de partida, fio condutor.
Saudando a realeza de cada menino e menina, vamos reverenciar "Sua Majestade a Infância". Convidamos a todos a um gesto de carinho e louvor a pureza do mundo dos pequeninos, valorizando a essência do que é ser humano, tão importante nos dias difíceis que passamos.
A natureza de nossa escola é a nobreza, pois trazemos uma coroa em nosso pavilhão. A viradouro coroa cada menino e menina nesse carnaval, realizando os desejos de Sua Alteza Real : a molecada. Vem desenhar com lápis de cor o reino da Infância em vermelho e branco. E todos ascenderemos a criança dentro de nós... ... "E Todo Menino é um Rei"